quarta-feira, 20 de Abril de 2011

22 de Abril - Dia Internacional da Terra









O dia Mundial da Terra é comemorado no dia 22 de abril. A data surgiu nos Estados Unidos na década de 70 quando o senador Gaylord Nelson organizou o primeiro protesto nacional contra a poluição. Mas foi só a partir da década de 90 que a data se internacionalizou, ou seja, outros países também passaram a celebrar a data. Aproveite esta época para fazer alguma coisa boa para o planeta mãe Terra, como plantar uma muda, convocar os amigos para ajudar a coletar o lixo da praça ou parque que você frequenta, colocar lixeiras perto dos rios para evitar lixo nos córregos e muito mais pode ser feito. O importante é passar a mensagem da importância de cuidar do nosso planeta, afinal esta é a nossa casa.


Curiosidades sobre a Terra:

Tem em torno de 4,5 bilhões de anos;
Tem 510,3 milhões de km2 de área total;
Aproximadamente 97% da superfície da Terra é composta por água;
O ponto mais alto da Terra é o Everest no Nepal - China com aproximadamente 8.800 metros;
A população humana atual da Terra é de aproximadamente 6 bilhões.

quarta-feira, 13 de Abril de 2011

15 de Abril - Dia Nacional da Conservação do Solo


A data de 15 de Abril foi escolhida para o Dia da Conservação do Solo em homenagem ao nascimento do americano Hugh Hammond Bennett (15/04/1881- 07/07/1960), considerado o pai da conservação dos solos nos Estados Unidos, o primeiro responsável pelo Serviço de Conservação de Solos daquele país. Suas experiências estudando solos e agricultura, nacional e internacionalmente, fizeram dele um conservacionista dedicado. Também pela capacidade de comunicação de seus textos, muito conquistou para a causa mundial da conservação.

Pois é, como sabemos, o solo é extremamente importante para todos, pois é dele que brota a vida de onde indiretamente tiramos os alimentos, nossas roupas, móveis, antibióticos, e muitas outras coisas, é sobre ele que crescem as florestas onde vivem os animais e muitos seres que mantém o equilíbrio da natureza. Sendo que sem o solo não sobreviveríamos.

Você acha que o solo leva quanto tempo para se formar?
Para uns trinta centímetros de solo pode levar cerca de 3000 anos ou até mais, lógico que isso depende dos fatores de formação do solo. Portanto não podemos desperdiçar este recurso natural.
Devido a tudo isso, fez-se necessário a criação do Dia Nacional da Conservação do Solo, nesse dia devemos discutir sua importância e perceber sua grandiosa função na natureza, seja na sala de aula, em casa ou em qualquer lugar.
Esta data é instituída pela LEI Nº 7.876, DE 13 DE NOVEMBRO DE 1989.

Fonte: www.escola.agrarias.ufpr.br/diadosolo.html

sábado, 26 de Março de 2011

Hora do Planeta


Sábado, dia 26 de março, das 20h30 às 21h30. Apague as luzes para ver um mundo melhor.
A Hora do Planeta, conhecida globalmente como Earth Hour, é um ato simbólico no qual todos são convidados a mostrar sua preocupação com o aquecimento global. É uma iniciativa global da Rede WWF para enfrentar as mudanças climáticas.Durante a Hora do Planeta, pessoas, empresas, comunidades e governo são convidados a apagar suas luzes pelo período de uma hora para mostrar seu apoio ao combate ao aquecimento global.
Em 2010, a Hora do Planeta foi um sucesso absoluto, com recordes estabelecidos no mundo e no Brasil. Globalmente, 105 nações, 4.211 cidades e 56 capitais nacionais aderiram. Já no Brasil, mais de três mil empresas, 579 organizações, três governos e 98 prefeituras participaram do movimento simbólico de alerta contra o aquecimento global e em favor da conservação de ecossistemas terrestres e aquáticos.
Junte-se a este movimento!
Visite o site www.horadoplaneta.org.br e veja como participar!

A Hora do Planeta é um movimento de todos nós. Ela une cidades, empresas e indivíduos para demonstrar às lideranças mundiais - e, principalmente, para mostrar uns aos outros - que queremos uma solução contra o aquecimento global. É uma oportunidade única para nós, brasileiros, de nos unirmos com a comunidade global em uma única voz para deter as mudanças climáticas.

quarta-feira, 23 de Março de 2011

Seminário das Águas - Apuaê Inhandava





O Seminário ocorreu nesta terça-feira, 22 de março, às 19:30 na Uri Campus. A abertura do evento foi presidida pela Coodenadora do Curso de Ciências Biológicas, Professora Simone que destacou a importância da conservação da água em nossos dias e salientou que "por ser uma região muito frágil, de cabeceira, ocorre a captação da água da chuva, porém não o seu armazenamento".
O Presidente do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica Sérgio Mioto, enfatizou o que ele chamou de provérbio "Só percebemos o valor da água, depois que a fonte seca". Ressaltou que na realidade só se percebe o valor da água, depois que a torneira seca.

A palestra ficou a cargo do Vice presidente do Comitê Vanderlei Decian, que comentou sobre três pontos essenciais. O primeiro é que a água consumida em Erechim, vem de outro local, fora da nossa área. O segundo é sobre a grande problemática de culpar os agricultores pela falta de água, isso segundo ele, devido a ocupação do solo a diversos tipos de usos. O terceiro foi trazer as ações propostas pelo Comitê, quais sejam:
  • Implementação do Apa Ligeirinho.
  • Revisão do Plano diretor de Erechim.
  • Recomposição da mata ciliar e delimitação de áreas de proteção dos recursos hidrícos.
  • Programas de Educação Ambiental
  • Minimização dos efeitos da estiagem.

Apresentou na ocasião, informações sobre a implementação da cobrança pelo uso da água, com os seguintes dados:

Base legal: art. 171 Constituição Estadual e Lei Estadual 10350/94.

Potencial de Arrecadação

Captação Média Mensal (Corsan Erechim)

650.000 m³/mês

Valor possível a ser arrecadado

PUB 0,02/m³

R$ 156.000,00/ano

R$ 13.000.00/mês.

Observou também, que quando se faz o enquadramento é preciso ter os objetivos, o diagnóstico e prognóstico, tal como os orçamentos necessários, e no término delimitar a cobrança do uso da água, arrecadado dos usuários da Bacia, sendo o dinheiro revertido em recurso para a própria Bacia.

A cartilha completa encontra-se disponível no site:

www.comiteapuae.com.br

segunda-feira, 21 de Março de 2011

22 de março - Dia Mundial da Água


Dia Mundial da Água






História do Dia Mundial da Água


O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.
Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água” (leia abaixo).


Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.Mas como devemos comemorar esta importante data? Não só neste dia, mas também nos outros 364 dias do ano, precisamos tomar atitudes em nosso dia-a-dia que colaborem para a preservação e economia deste bem natural. Sugestões não faltam: não jogar lixo nos rios e lagos; economizar água nas atividades cotidianas (banho, escovação de dentes, lavagem de louças etc); reutilizar a água em diversas situações; respeitar as regiões de mananciais e divulgar idéias ecológicas para amigos, parentes e outras pessoas.


Declaração Universal dos Direitos da Água


Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.


Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.


Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.


Art. 4º- O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.


Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.


Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.


Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.


Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.


Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.


Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.





O Dia Mundial da Água será lembrado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Apuaê/Inhandava com o "Seminário das Águas", o evento será realizado à noite, às 19:30, na URI-Campus de Erechim.


Use a água racionalmente, a fonte não pode secar!